FisioVital | Bandagem terapêutica: Auxiliam o tratamento de lesões
FisioVital, fisioterapia, vitaltape, theratogs, fabrifoam, bandagem, esporte, neuro, laserterapia, oncologia,
1201
post-template-default,single,single-post,postid-1201,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-theme-ver-17.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

Bandagem terapêutica: Auxiliam o tratamento de lesões

Bandagem terapêutica: Auxiliam o tratamento de lesões

As bandagens terapêuticas podem ser encontradas em farmácias e lojas especializadas.

A bandagem terapêutica vem sendo usada com frequência e se popularizando devido ao fato de atletas fazerem uso dela. Se trata de uma fita, geralmente colorida, que é colocada em algumas partes do corpo. A técnica é utilizada para recuperar lesões musculares e aliviar dores.

Existem dois tipos de bandagem, como explica o fisioterapeuta Cássio Pereira, da Clínica Escola de Fisioterapia, que funciona no campus Cedeteg da Unicentro.

“ Existe a bandagem elástica e a bandagem rígida. A elástica funciona ajudando a biomecânica e pode ser favorável ao movimento do músculo, melhorando seu desempenho ou também pode ser contrária à ação desse músculo, inibindo a sua ação. Já a bandagem rígida, serve para estabilizar. Em um caso de entorse de tornozelo, por exemplo, é usada a bandagem rígida, que vai dar estabilidade e impedir que se faça uma entorse novamente.”

Além da recuperação de lesões musculares e dores, o processo da bandagem terapêutica são também usadas para outras indicações. “ A técnica também pode ser usada para correção de postura, nesse caso, usa-se a bandagem elástica. A bandagem age para recuperar a musculatura fraca e ajudar na postura correta. Em casos de lesões musculares, a bandagem impede que a musculatura trabalhe.”

 

O recurso da bandagem terapêutica não conta com nenhum tipo de medicamento e também não apresenta contraindicações. É preciso ficar atento somente em casos de problemas alérgicos, devido a presença de elastano nas bandagens, o que pode causar alergias na pele do paciente.

Apesar disso, Cassio ressalta que a aplicação da técnica deve ser utilizada somente após um diagnóstico realizada por um profissional da área para que os resultados sejam satisfatórios.

“ Hoje, o uso da bandagem está bastante comum. Muita gente está usando essa técnica, mas é preciso que tenha uma indicação médica. Assim, é possível ter um diagnóstico mais correto, com orientações corretas, a fim de evitar problemas mais sérios. A indicação sempre precisa ser confirmada por meio de um diagnóstico confiável.”

 

Texto Agora Online

No Comments

Post A Comment

WhatsApp chat