Crianças com Autismo podem ser beneficiar ficando mais tempo na escola

Crianças com Autismo podem ser beneficiar ficando mais tempo na escola

Estudo publicado na CODAS, uma publicação da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, mostrou que crianças e adolescentes com TEA (Transtorno do Espectro Autista) que permaneceram mais tempo na escola por semana apresentaram melhores resultados em inteligência não verbal e melhores habilidades de comunicação e comportamento.

O objetivo da pesquisa foi verificar a correlação entre tempo de permanência semanal na escola, e o desempenho de crianças com TEA em teste de inteligência não verbal e em habilidades comunicativas e de comportamento. Participaram deste estudo 44 crianças e adolescentes, com idade entre 6 e 12 anos. Todos os participantes matriculados em escolas regulares.

Na amostra do estudo, todos os 44 participantes eram de escolas regulares, sendo que onze estudam em escola particular (25%) e 33 (75%) em escola pública. Com relação à série em que se encontram os sujeitos, 7% estão matriculados no Jardim, 9% no Pré, 20% no 1º ano, 18% no 2º ano, 25% no 3º ano, 9% no 4º ano e 12% no 5º ano. O tempo de permanência semanal na escola dos sujeitos da amostra variava de 3 a 27,5 horas e, em média, as crianças passam 18 horas por semana na escola.

 

Fonte: Reab me