FisioVital | Neuro | Quais são os tipos clínicos de TDAH?
Por acaso vocês saberiam dizer quais são os tipos de TDAH reconhecidos pela comunidade científica? Sabia que muitas vezes o comportamento de uma criança....
FisioVital | Quais são os tipos clínicos de TDAH?
1619
post-template-default,single,single-post,postid-1619,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,footer_responsive_adv,hide_top_bar_on_mobile_header,columns-4,qode-theme-ver-17.0,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

Quais são os tipos clínicos de TDAH?

Quais são os tipos clínicos de TDAH?

Quais são os tipos clínicos de TDAH?

Por acaso vocês saberiam dizer quais são os tipos de TDAH reconhecidos pela comunidade científica? Sabia que muitas vezes o comportamento de uma criança pode evidenciar ou não a existência do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH)? É preciso estar por dentro das tipologias para que pais e educadores consigam observar os sinais necessários para encaminhar os pequenos à ajuda profissional o mais rapidamente possível.

A identificação dos tipos de TDAH favorece, por exemplo, o encaminhamento de uma intervenção que seja eficaz para os casos apresentados. No entanto, é importante ressaltar que somente os profissionais capacitados estão aptos para direcionar os tratamentos mais adequados a cada uma das crianças.

Os tipos de TDAH e alguns equívocos

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é dividido em dois grandes tipos: desatento e combinado. Muitas pessoas ainda acham que o TDAH é um transtorno em que a hiperatividade, a inquietude e a impulsividade ocorrem em absolutamente todos os casos diagnosticados nos consultórios, mas isso é um mito.

Estima-se que de 30% a 40% das crianças com TDAH não sejam impulsivas e muito menos hiperativas. O que ocorre é que elas são desatentas em excesso e trazem com elas um déficit de atenção que as prejudicam na vida pedagógica em grande parte. O importante é ver como esses dois tipos de TDAH estão delimitados.

TDAH tipo desatento

Este grupo é caracterizado por aspectos conhecidos pela maioria das pessoas, tendo a desatenção um dos pontos mais lembrados. Mas não é somente isso: percepção de passagem de tempo, dispersão em tarefas que exigem grande concentração, distração, entre outros.

Além disso, vale salientar que as características são muito mais comuns que se pode imaginar. Veja quais elas:

  • A criança tem dificuldade para se concentrar em aulas, livros e palestras (geralmente, as pessoas acometidas pelo TDAH tipo desatento não terminam a leitura de um livro; ou só quando o assunto desperta total interesse);
  • A criança é tímida, não faz questionamentos; não termina o que começa;
  • O pequeno costuma não dar trabalho na escola;
  • A pessoa se distrai com qualquer estímulo externo (barulho, objetos, imagens).
  • Dificuldade de se organizar, tanto objetos de seu cotidiano como a própria noção de tempo.
  • Distração em conversas.
  • Outros.

TDAH tipo combinado

No TDAH combinado, a criança manifesta os sintomas tanto de déficit de atenção quanto a impulsividade e a hiperatividade. Esse tipo de TDAH se dá pela junção dos dois grupos característicos do transtorno, sendo que a pessoa pode manifestar características que correspondam ao lado mais distraído e ao mais impulsivo. Isso torna a identificação dos sinais mais facilitada pela escola e pelos próprios familiares. Os pais tendem a procurar equipes de especialistas (médicos e não médicos) mais cedo quando percebem que seus filhos apresentam determinados comportamentos, a saber:

  • São muito inquietos;
  • Agitados e não aprendem com seus próprios erros;
  • Essas crianças têm muita dificuldade de aguardar a vez, esperar;
  • Elas também criam problemas de relacionamento social na escola e em casa.;
  • Boa parte delas evolui para o quadro opositor desafiador.

Intervenções para os tipos de TDAH

Independente de qual seja a tipologia do Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade apresentada pela criança, o tratamento escolhido para a criança deve ser o ideal para as demandas do pequeno. Para isso, o aconselhável é que uma equipe multidisciplinar esteja no acompanhamento de seu filho/aluno para proporcionar a ele uma forma de trabalhar esses aspectos comportamentais.

 

Fonte: Neuro Saber

 

No Comments

Post A Comment

WhatsApp chat